Conheça os parceiros Alluri no futebol profissional

Portuguesa, Ituano, Marília e Osasco Audax são parceiros da marca e utilizam os uniformes exclusivos da marca


Criada em 2006, a Alluri Sports chegou ao futebol profissional rapidamente. Menos de 15 anos no mercado e a empresa já estampa os uniformes de grandes equipes do futebol paulista.


Atualmente a empresa faz parceria com quatro equipes: Portuguesa, Ituano, Marília e Osasco Audax.


As equipes fizeram participação no campeonato estadual. O Ituano terminou a Série A do Paulistão em 11º colocado com 13 pontos. Já a Portuguesa e o Osasco Audax disputaram a Série A2 e terminaram respectivamente em 7º e 14º na tabela. Já o Marília disputou a Série A3 e chegou às quartas de final parando no Votuporanguense.


Na Copa do Brasil o Marília parou na primeira fase, empatando com o Criciúma por 0x0 e sendo eliminado devido ao regulamento. Já o Ituano está na disputa da Série C, com uma campanha de 13 pontos em 7 jogos e a 4ª posição do grupo B. A Portuguesa está em 3º no Grupo A7 na Série D com 9 pontos em 6 jogos. O Osasco Audax não está disputando competições no segundo semestre.


Portuguesa

O próprio nome indica a origem. A equipe criada por membros da comunidade portuguesa em São Paulo nasceu em 14 de agosto de 1920 e desde então vem defendendo o vermelho e o verde, em alusão à bandeira nacional de Portugal.


A Portuguesa é a união dos clubes: Luzíadas Futebol Club, Associação 5 de Outubro, Esporte Club Lusitano, Associação Atlética Marquês de Pombal e Portugal Marinhense.




Com mais de 100 anos de história, o clube pode se orgulhar de ter projeto para o futebol de grandes jogadores. Entre os mais importantes feitos da categoria de base estão: Filó, ponta direita que ficou conhecido por ser o primeiro brasileiro campeão do mundo - título conquistado com a Itália em 1934 e Dener considerado um dos gênios da década de 90 mas que acabou falecendo com 23 anos no auge da carreira.


Além do reconhecimento das categorias de base, a Portuguesa também se mostrou um time forte. Talvez o melhor momento da história do clube foi em 2011 quando a Lusa recebeu o apelido de Barcelusa devido ao futebol envolvente que lembrava a equipe de Pep Guardiola e levou o time do Canindé ao título do Brasileiro da Série B.


Ituano

Carregando o nome da cidade, o Ituano foi fundado em 24 de maio de 1947, e estampa o vermelho e preto em seu uniforme principal, além de carregar o Galo de Itu como mascote do clube.


O Ituano Futebol Clube carrega a história da Associação Atlética Sorocabana e do Ferroviário Atlético Ituano.


No começo dos anos 90 o Ituano revelou seu maior talento para o futebol. Um jogador chamado Juninho Paulista saiu do clube para o São Paulo e depois para a Europa e para a conquista da Copa do Mundo de 2002.




Nos anos 2000, o Ituano conseguiu seus melhores resultados desportivos. O time venceu em 2002 o Campeonato Paulista, em 2003 o Campeonato Brasileiro da Série B e em 2014 voltou a vencer o Paulistão.


Marília

Outro clube que leva o nome da cidade, o Marília Atlético Clube carrega uma história de 79 anos no futebol paulista defendendo sempre as cores azul e branca do uniforme.


A equipe fundada inicialmente com o nome de Esporte Clube Comercial em 1942 passou a se chamar Marília Atlético Clube em 1947.


O maior artilheiro da equipe é Itamar Belassalma, porém, ele por pouco não tomou outro rumo na carreira. Em 1971 o jogador chegou a equipe e em 1973 foi envolvido em um empréstimo com o São Paulo onde ele iria ao Morumbi e um jovem chamado Serginho Chulapa viria ao Bento de Abreu.




O negócio rapidamente foi desfeito pelo time da capital. Então Itamar retornou, anos depois ao término da carreira dos dois jogadores, ambos saíram das equipes como artilheiros máximos da histórias: Chulapa com 242 no São Paulo e Itamar com 68 no Marília.


Osasco Audax


O vermelho e branco de Osasco nasceu em 8 de dezembro de 1985, a partir da união de Eduardo Silva, Blasio Konzen, João Paulo de Sousa Filho e Antunes Martinez.


O clube começou como Pão de Açúcar Esporte Clube a partir do empresário Abílio Diniz para desenvolvimento de jovens atletas. Em 22 de setembro de 2013 passou a se chamar Grêmio Osasco Audax.


O maior nome da história do clube é Vampeta. O jogador passou pelo clube em 2011 onde se aposentou e começou sua carreira como diretor esportivo e depois passou a ser presidente da equipe - cargo que exerceu entre 2013 a 2020.




O Audax ficou conhecido no universo do futebol a partir do trabalho do treinador Fernando Diniz. Com um futebol baseado na posse de bola, a equipe conseguiu uma grande campanha no Paulistão de 2016 onde venceu o Palmeiras na fase de grupos e derrubou São Paulo e Corinthians no mata-mata. O time perdeu a final para o Santos, mas o trabalho levou os jogadores do time e o treinador a grandes clubes do futebol brasileiro.


4 visualizações0 comentário