Uniformes escolares: igualdade e segurança para crianças




O ano escolar começou. Novas aulas, reencontro de amigos e professores, adaptação da rotina e a constante busca pelo “novo normal” tornam esse momento bastante interessante. Diante de tantas mudanças, é natural que o jovem seja pego pelo friozinho na barriga nesse momento. Mas diante de tantas novidades, uma coisa permanece igual: a necessidade do uso de uniformes escolares.


Por mais que muitas crianças e adolescentes possam sentir que sua individualidade e estilo próprio não sejam expressadas quando usam uniformes, o conjunto tem um papel importante na escola: igualar as pessoas e impedir que julgamentos e comparações sejam feitas ou estimuladas no ambiente escolar. Além disso, a roupa faz parte da segurança e da cultura do colégio, permitindo a percepção rápida das ações dos jovens fora da entidade.


A história dos uniformes escolares se mistura com a história da humanidade. Desde o momento em que os seres humanos começaram a andar em grupos era normal que “se vestissem” de forma igual para conseguirem se identificar. Na época, as peles de animais eram usadas para isso. Grupos diversos usavam peles de animais diversos também.


A situação foi percebida ao longo das gerações e, inclusive, foi usada durante as duas guerras mundiais. Era parte da estratégia de guerra que os soldados de cada país usassem um determinado tipo de roupa, da mesma cor, a fim de mostrar força e também facilitar a identificação de aliados e inimigos.


Dentro dos colégios, os uniformes representam pertencimento e organização. É comum que a cultura da escola esteja presente na vestimenta e por isso cada detalhe, cor, costura e escrita importam tanto. Muitas vezes, ter o uniforme manchado ou com alguma avaria pode ser considerado desrespeitoso.

Sentimento de igualdade é fundamental


Um dos fatores que fortalecem e explicam o uso do uniforme é a igualdade de todos os alunos. Assim como na justiça, todos os estudantes são iguais perante aos professores, e uma forma de mostrar e revalidar esse sentimento é o uniforme.


Uma vez que todos os alunos estejam vestidos iguais, a descriminição e preconceito por estarem ou não dentro dos padrões da moda é descartado. Com isso, outro problema que vem afetando os jovens na sociedade atual também é minimizado - a falta de confiança. Com uniformes escolares, os alunos tendem a não desenvolver o sentimento de superioridade e inferioridade, uma vez que todos estão iguais.


Outro ponto que o uniforme consegue ajudar é no bom senso entre os alunos. A utilização da vestimenta pré-definida evita que os jovens/crianças utilizem roupas inadequadas para suas respectivas idades.

Cultura é um sentimento importante

No mundo escolar, estar conectado à história do colégio é fundamental e isso acontece, também, por meio dos uniformes. Assim como em um país, a história da instituição mostra a importância, costumes, métodos e a tradição do colégio. Por isso os uniformes são encarregados de levar o legado da instituição de ensino.

Segurança para todos: escola, alunos e responsáveis

Outro benefício do uniforme escolar é a segurança. Recentemente, um levantamento apresentado no final de 2021, pela Secretaria de Segurança Pública, apontou um aumento de crimes na cidade de São Paulo. Segundo o levantamento, houve um grande aumento no número de furtos e roubos - de 15.225 para 19.359 em roubos e de 30.571 para 42.722 em furtos.


Por conta disso, utilizar o uniforme pode ajudar o jovem ou criança. A rápida identificação, permite evitar situações de perigo na rua, assim como evita a presença de pessoas externas no ambiente escolar.


5 visualizações0 comentário