Portuguesa chega ao 101º aniversário buscando inspirações no passado

Clube voltou a disputar uma competição nacional nesta temporada após vencer a Copa Paulista no centenário


No último dia 14/08, a Portuguesa de Desportos celebrou mais um ano de vida. A equipe do Canindé, promoveu um evento e confeccionou junto a Alluri uma camisa especial que foi entregue ao presidente de Portugal durante a visita do chefe de estado no Brasil no último mês.


Porém, seguindo o ritual das camisas comemorativas, a Portuguesa não conseguiu estrear o manto com vitória e amargou uma derrota em seu aniversário. No fim, a Inter de Limeira saiu do Canindé com os três pontos e conseguiu estragar a festa portuguesa.


Mesmo com a derrota, a campanha de venda das novas camisas foi positiva. O clube conseguiu utilizar as redes sociais neste momento de pandemia e viu a pré-venda ser um sucesso. E este pode ser um norte para o torcedor lusitano e para o clube.


Desde a fundação, o clube passou por problemas e teve na colônia portuguesa um porto seguro para conseguir se levantar e se reconstruir sempre que necessário. Fundado em 1920, o clube foi fundado a partir da união de cinco clubes ligados à colônia: Lusíadas Futebol Club, Associação 5 de Outubro, Esporte Club Lusitano, Associação Atlética Marquês de Pombal e Portugal Marinhense.


Primeiro estádio na rua Cesário Ramalho, no Cambuci, em 1925
Créditos: Site Portuguesa


O bairro do Cambuci foi o primeiro lar da Portuguesa. O campo na rua Cesário Ramalho serviu de casa para o clube durante a primeira parte da vida. E o campo viu o jovem Filó desfilar o seu bom futebol antes de partir para a Itália e se tornar o primeiro brasileiro a vencer a Copa do Mundo em 1934 (após se naturalizar italiano).


Anos depois, a Lusa encantou o Brasil em outra residência. O clube se mudou para o bairro São Bento, na região central de São Paulo, e montou um esquadrão na década de 50 com jogadores como: Brandãozinho, Djalma Santos, Julinho, Pinga, Ceci, Simão.


Edifício que serviu de sede da Portuguesa no largo de São Bento
Créditos: Site Portuguesa


No fim da década de 50, a equipe conseguiu adquirir o campo do Canindé. O Estádio conhecido primeiramente como Independência e posteriormente como Dr. Oswaldo Teixeira Duarte foi concluído em 1972 e a partida de estreia foi contra o Benfica-POR e terminou em vitória dos visitantes por 3x1.


Após a conclusão do Canindé, a Lusa passou um período de entressafra, voltando a ter sucesso na década de 90. Dener, um dos maiores jogadores da história da equipe, foi revelado neste momento.


Com a ajuda do craque, que deixou o futebol precocemente após um acidente de carro, a Lusa chegou a final do Campeonato Brasileiro em 1996 e ficou no quase após perder do Grêmio. Anos depois do vice campeonato, o clube entrou em uma espiral de idas e vindas na Série A.


Até que em 2011, o clube olhou para suas origens e buscou Jorginho para comandar uma equipe que ficou conhecida como a Barcelusa. Com um futebol ofensivo, o clube venceu a Série B com sobras e a alusão ao Barcelona ficou famosa, já que a época, Guardiola, Messi, Iniesta e Xavi encantavam o mundo do futebol, assim como Jorginho, Edno, Weverton, Ananias e Marco Antonio.


"BarceLusa" é campeã da Série B
Blog Marcos Eusébio


Em 2013, a Lusa passou por um dos seus piores momentos. A equipe caminhava tranquilamente para continuar na Série A. A campanha da equipe dentro do esperado foi positiva e contou com uma goleada sobre o Corinthians, recém campeão da Libertadores e Mundial, por 4x0.


O clube então colocou Héverton em campo e o jogador estava punido pela CBF. A substituição ocasionou na perda de pontos e no rebaixamento do clube. Após a primeira queda, a Lusa acabou caindo série por série no futebol nacional até acabar sem divisão para jogar.


Uma nova gestão vem tentando resgatar o orgulho lusitano. O presidente Jorge Manuel Marques Gonçalves conseguiu devolver a equipe ao patamar de disputar a Série D, após o título da Copa Paulista em 2020. Mais do que o título no centenário, a conquista representou a chance de disputa a nível Brasil e com isso, o clube voltou a ter o calendário recheado ao longo do ano.


Estádio do Canindé antes da pandemia do Covid-19
Créditos: NetLusa


A atual administração busca olhar para o passado, momentos de glórias e de aprendizados para devolver a Lusa aos trilhos e a primeira página do futebol nacional. O time de Dener, Zé Roberto, Edno, Weverton busca mais uma vez se erguer e nada melhor do que a força da torcida para ajudar nesta subida.


4 visualizações0 comentário